top of page
Buscar
  • Rodovias & Vias

ONDE EXISTE UMA VONTADE, EXISTE UM CAMINHO



Homem que concilia diversos predicados – boa parte deles dedicados à vida pública – o atual governador do Estado de São Paulo, Tarcísio Gomes de Freitas, cujo perfil técnico e realizador precedem e dispensam apresentações, anuncia a criação de uma inédita “Super Secretaria” para a nova estrutura de sua gestão à frente do palácio dos Bandeirantes.


Unindo Transportes, Infraestrutura e Meio Ambiente, a nova pasta tem diante de si uma missão importante dentro de desafios recorrentes em toda administração pública, independente da natureza de esfera de poder em que se encontram: harmonizar, com eficiência e celeridade a necessidade de viabilizar grandes empreendimentos, de forma ambientalmente responsável, mitigando e ressarcindo adequadamente os impactos socioambientais. O anúncio, feito pelo próprio governador Tarcísio, ao lado de Arthur Luis Pinho de Lima (ex-presidente da Empresa de Planejamento e Logística – EPL, do governo Federal, com passagem pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT), que assume como secretário-chefe da Casa Civil, apontou Natalia Resende Andrade Ávila, como a escolhida para encarar esse desafio sem precedentes. “É a primeira mulher a ser anunciada como secretária, e logo, uma ‘supersecretária’. Ela é procuradora Federal, da AGU (Advocacia Geral da União), foi consultora Jurídica no Ministério da Infraestrutura (MInfra), é graduada em Direito, é graduada em Engenharia Civil, Ciências Contábeis, mestre e doutoranda em Tecnologia Ambiental e Recursos Hídricos pela Universidade de Brasília (PTARH/UnB), com foco em Regulação de Infraestrutura de Rede, colaboradora da Escola Nacional de Administração Pública, professora em Parcerias Público Privadas pela Fundação de Escola de Sociologia Política de São Paulo, na Mackenzie, na PUC de Minas Gerais, é membro Titular do Comitê de Regulação de Infraestrutura Aeroportuária da FGV Direito Rio, coordenadora da Câmara Nacional de Infraestrutura e Regulação, CNI[1]CGU, pós graduada em Direito Constitucional e direito Tributário, com especialização em regulação. Também é uma pessoa que me acompanha há muito tempo, trabalhou comigo na Secretaria do Programa de Parceria de Investimentos (PPI) no governo do presidente Michel Temer, e foi chefe, portanto da consultoria jurídica do Ministério da Infraestrutura, me ajudou na estruturação de mais de uma centena de leilões de infraestrutura”, detalhou. A titular da “Super Pasta”, não bastasse a extensa lista divulgada pelo governador, ainda cursa Master of Laws na Universidade de Londres, além de ter atuado como conselheira Fiscal no Porto de Santos, Coordenadora Geral de Convênios e Assessora na Consultoria Jurídica junto ao Ministério da Integração Nacional, entre outras funções consultivas diversas em áreas estratégicas de governança. Sob o grande “guarda chuvas” da nova secretaria, é importante lembrar, ficarão empresas públicas essenciais para o Estado, como as gigantes Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) e a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, além do emblemático Departamento de Estradas de Rodagem (DER-SP), primeiro órgão dedicado à rodovias do Brasil, tendo diante de si, um orçamento estimado em pouco menos de R$ 20 bilhões.


QUEM É TARCÍSIO GOMES DE FREITAS


Servidor público de carreira vinculado à consultoria legislativa da Câmara dos Deputados, é formado pela Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) e graduado em engenharia - fortifi cação e construção pelo Instituto Militar de Engenharia (IME), onde obteve a maior média histórica do curso na instituição. Foi engenheiro do Exército Brasileiro, chefe da seção técnica da Companhia de Engenharia do Brasil na Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti e coordenador-geral de Auditoria da Área de Transportes da Controladoria Geral da União (CGU). Em 2011, foi indicado para ser diretor executivo do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), pelo General Jorge Fraxe, que assumiu o órgão em meio à "faxina ética" determinada pela então presidente Dilma Rousseff , após uma crise provocada por denúncias de corrupção. Ascendeu à Diretoria-Geral em 2014, tendo exercido o cargo entre 22 de setembro de 2014 a 16 de janeiro de 2015. Em 2015, atuou como secretário da Coordenação de Projetos da Secretaria Especial do Programa de Parceria de Investimentos (PPI), responsável pelo programa de privatizações, concessões e desestatizações. Em novembro de 2018, foi anunciada pelo então presidente eleito Jair Bolsonaro a escolha de Freitas para assumir o Ministério da Infraestrutura. Em março de 2022 filiou-se ao partido Republicanos para concorrer ao governo de São Paulo. Em 30 de outubro de 2022 foi eleito governador do estado de São Paulo com 13.480.643 votos, 55,27% do total.

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page